Anitta desabafa e fala sobre a polêmica que aconteceu no show

A cantora Anitta resolveu usar o Facebook para desabafar com os fãs e se explicar. Após ter ficado irritada com um fã que jogou uma latinha no palco durante um show dela em Guarapari (ES), a cantora escreveu uma longa carta no Facebook falando sobre uma suposta perseguição que sofre da imprensa.

No vídeo, Anitta dá uma bronca em um fã porque ele jogou uma latinha no palco durante um show. “Coisa de pobre, entrou de graça no evento, ganhou cortesia, quem é o mal educado pra jogar essa p**** aqui, heim? Coisa de pobre, entrou de graça no evento, ganhou cortesia, pra jogar a porra da latinha aqui. Tá bêbado, não vai comer ninguém aqui. Ninguém tá aguentando ficar do teu lado, ó." disse Anitta.

Após o vídeo ter viralizado na internet, Anitta disse estar desapontada com alguns jornalistas que inventam história sobre ela e também acredita que o acontecimento “côdipobre” (como ela mesmo escreve) foi tratado de forma sensacionalista.

Confira a carta:

Eu sempre pensei que o jornalista fosse um profissional de muita importância na sociedade. Na minha cabeça, eles exerciam um papel de extrema delicadeza: levar ao publico informações sobre os fatos e acontecimentos. 
Hoje em dia parece não funcionar mais assim. Com o aparecimento da internet, qualquer um se diz jornalista e distribui seus "conteúdos" para o publico. 
Cada dia que passa eu me dou mais conta de que os valores de compromisso e responsabilidade com a verdade para com o espectador se perderam. 

Não é de hoje que eu vejo, por dia, pelo menos 3 "notícias" inventadas pelo fantástico mundo da mídia sobre mim. São lugares que eu nunca estive, pessoas que eu nunca vi, palavras que eu nunca falei. Em uma das últimas, dizia que pra eu ficar famosa passei por uma mudança de clareamento de pele pra ser branca, por que era negra e não faria sucesso por conta do preconceito... Oi?! 
Isso existe?!
Acreditem... teve "jornalista" me ligando pra saber como foi o tratamento. 
Depois me pego lendo que deixei fãs esperando sei lá quantas horas, quando na verdade eu cheguei na hora combinada. Depois que não quis atender ninguém, quando, na verdade, em quase todos os show eu passo mais tempo no camarim recebendo fãs do que no palco em si.


Teve veiculo de imprensa que abriu uma perseguição contra mim e todo dia tem lá uma notinha sobre meus ataques e sobre como eu me tornei o demônio em poucos dias, com passo a passo e tudo. Amanha corram lá que vai ter alguma nova, garanto. Talvez falando que eu xinguei alguém bem alto na rua, ou que maltrato minha equipe, com testemunhas e tudo. (Como se eu fosse burra o suficiente pra fazer todas essas coisas e achar que ninguém saberia.) Ou que escrevi isso aqui pra pagar de correta pros fãs. Provavelmente abriram um "criativo do mês" na empresa, onde o funcionário que inventar a mentira mais criativa sobre alguém ganha um prêmio. Não só sobre mim, mas sobre todos os outros artistas. Reparem que veículos como esse nao transmitem notícias construtivas sobre nada. Focam em falar mal da vida alheia. Daí o "jornalismo preguiçoso" copia e cola a "matéria" em seu veículo.

A mídia tem o poder de transformar uma lebre em lobo...e vice versa. Simplesmente por que nós, como publico, acreditamos que essas pessoas tem o papel de transmitir informações pra gente. E não de criar ou manipular notícias para que vendam mais. 
Antes, quando leitora, eu acreditava em tudo. Hoje só acredito no que vejo com meus próprios olhos... e olhe lá.
A nossa cultura acostumou o povo a se interessar por aquilo que é ruim. Comparem o tempo em que uma catástrofe fica sendo falada na mídia, com o tempo em que se fala de ações humanitárias ou acontecimentos que acrescentam na nossa cultura, educação ou caráter (a não ser que tenha dinheiro envolvido). Portanto, é muito mais fácil pra um "jornalista", vender matérias inventadas que falam sobre como eu faço coisas ruins com os outros, do que como o meu trabalho é um trabalho legal e sobre como eu trabalhei igual louca pra chegar onde cheguei. Ou das coisas que faço pelos fãs, pela minha família e pela minha equipe. E aí, tudo que eu falo ou faço é distorcido ou aumentado ao triplo para que gere mais interesse do publico em acessar/comprar aquilo. E lá vai o povo ser enganado, como sempre, a troco de dinheiro. Quero deixar claro que não sou todos. Conheço jornalistas sérios e profissionais e não duvido que exista muito mais.

Esse fim de semana eu fiz show em Guarapari - ES. Bem no meio do show, como sempre faço, eu chamei pessoas no palco. Desde que eu comecei a fazer show eu chamo pessoas no palco, brinco e falo besteiras com todo o bom humor pra elas. Por que esse é meu jeito... Eu conseguia brincar e ser espontânea com as pessoas antes e ninguém nunca se importou...por que hoje eu não posso mais ? 
Durante o show,( para maiores de 18 anos) chamei as pessoas no palco, alguns famosos, e meu dançarino entrou pra se apresentar... foi quando um homem bêbado começou a jogar gelo e latas nele e nos outros convidados. Os convidados saíram e o rapaz insistiu na agressão. Eu não sei levar a serio um homem bêbado que joga lata nas outras pessoas. E, como em toda a minha vida, brinquei com o menino (com o meu característico humor sarcástico que as pessoas que me acompanham sabem que tenho) até tirarem ele do local. No final do vídeo ainda brinquei com o público dizendo pra nao falarem mal de mim na internet por eu ter falado palavrão, por que eu estava brincando, e pedi senso de humor da galera. Tanto foi que ninguém quis me matar de indignação no dia do show, acharam graça. 

Mas pronto, foi o suficiente pro site: perseguimosartistas.com.br cortar o vídeo, até deixa-lo só com a parte onde eu tiro sarro do homem que jogou latinhas no palco, colocar uma legenda e complementar às outras 50 matérias sobre como eu sou uma bruxa. E desencadear uma série de pessoas em cima de mim me criticando por que eu falei "isso é côdipobre" pro menino. Gente, por que todo mundo se leva tão a sério?! Vocês acham mesmo que se eu desdenhasse de pobre eu falaria "côdipobre" ? Acham que eu moro onde ? Que minha mãe mora aonde ? Que minha familia é de onde? Na noite antes de estar dormindo em Las Vegas pra gravar clipe eu dormi num quarto com uma droga de uma goteira bem do meu ladinho. Nas minhas folgas eu volto lá pra essa mesma casa com goteiras que minha mãe adora e fico lá sem nem ligar. Eu não ligo pra essas coisas, e por isso mesmo eu não tenho problema nenhum em tirar sarro delas. Eu achava engraçada a goteira do meu antigo quarto, acho até hoje. Eu AMO tirar sarro de mim mesma. Ou vocês acham mesmo que me irritei com minha dancarina por ela falar do peido no Faustão? Eu achei engraçado demais, há anos eu duvido dela, que ela falaria a palavra peido na tv ( e ela trocou por "Pum", ninguem fala "Pum", rs). Tenho o mesmo carro de sei lá quanto tempo atras, moro no mesmo lugar. E não to nem aí pra ter os mais lindos e mais caros, nao to afim. Tem gente rica que nem fala a palavra pobre que é pra não dar problema, mas por dentro tá ali se roendo. Mas aí o povo ama. O dia que eu tiver que travar minha sinceridade, meu bom humor ou quem sou eu de verdade pra não me causar problema eu vou me sentir a mentira em forma de gente. Tudo isso por que agrada mais. Mas o que agrada as pessoas ? Eu nao sei. Você nao pode usar roupa barata, que falam que voce é pão dura, nao pode usar cara que falam que você tá deslumbrada. Se eu continuo como eu era "ai nao muda nada"... Se eu mudo "ai gostava quando era autentica". 
Por que vocês acham que existem artistas que piram? Parece que a mídia inventa e fala essas coisas dos famosos pra eles pirarem de ver tanta gente falando coisas deles sem saber a realidade das coisas e aí com a piração deles conseguem vender mais notícias. Por que piração de famoso da audiência. Não entendo. Ou pior, eu entendo.


Confira o vídeo CLIQUE AQUI