Travestis e Transexuais poderão usar nome social no Enem 2014

Candidato travesti e transexual poderá usar nome social no Enem 2014, eles devem solicitar a identificação por telefone. Inscrições começam nesta segunda e vão até o dia 23. Para fazerem o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) precisarão fazer uma solicitação por telefone ao Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep) durante o prazo de inscrição.

O participante travesti ou transexual que desejar ser identificado por nome social nos dias e locais de realização do exame deve fazer essa solicitação pelo telefone 0800-616161, até o final do período de inscrição, diz o site. O edital do Enem 2014, no entanto, não faz nenhuma referência ao uso do nome social do candidato.

Transexual Ana Luiza Cunha - ENEM 2013
Na edição de 2013 do ENEM candidatas transexuais relataram que sofreram constrangimento na hora de apresentarem o documento de identidade aos fiscais das salas de prova. Como usam um nome social diferente do nome indicado no documento de identificação, duas estudantes transexuais disseram que só receberam o caderno de provas no primeiro dia depois de um longo processo de conferência de dados.

A transexual Ana Luiza Cunha de Silva, de 17 anos, foi tratada como se tivesse perdido o RG no Enem. E afirmou que já estava sentada na carteira, com seu cartão de respostas do Enem, quando foi retirada da sala em que estava, em Fortaleza, e teve que passar por duas salas até ser liberada para fazer as provas de ciências humanas e ciências da natureza no sábado. Segundo ela, todo o processo durou entre 15 e 30 minutos, mas ela não chegou a perder tempo de prova porque chegou ao local do exame antes mesmo da abertura dos portões.

Ana Luiza, que adotou seu nome social aos 14 anos, conta que primeiramente foi levada à sala de uma subcoordenadora do Enem no seu local de provas. "Ela foi verificar a identidade, e perguntou por que não mudei meus documentos", explicou. A adolescente explicou que já procurou seu advogado para fazer o trâmite, mas que, segundo ele, no Brasil só é possível iniciar o processo de troca do nome civil após os 18 anos.

Vai fazer o ENEM 2014? Nós do blog desejamos boa sorte!