Truques estranhos para burlar o cérebro

O corpo da gente é uma máquina que funciona sem precisar que alguém ligue ou desligue. Até porque está sempre trabalhando, mesmo quando estamos no sono mais profundo. Sem que a gente faça nada de especial, ele mantem a ordem das coisas e conserta o que funciona mal.
Ou seja: ele é algo quase perfeito. Ou deveria ser, mas isso é outra conversa. O que queremos dizer é que, apesar de toda a sabedoria implícita da máquina que é o nosso organismo, dá para enganá-lo. De brincadeira e a sério. Confira:

Truques para burlar o cérebro
truques-para-burlar-o-cerebro

Mantendo um olho fechado
Um truque eficiente para voltar a dormir quando despertamos no meio da noite. A luz do seu quarto ou do banheiro é muito forte e vai enganar seu cérebro através dos olhos. O seu corpo receberá a mensagem que já é dia e resolve acordar. Para adormecer, será difícil. Uma maneira de enganar o cérebro é levantar com um olho fechado. Desse jeito, o seu corpo se adapta mais facilmente à escuridão e o sono regressa sem delongas. O ideal é acender apenas um abajur. Quanto menos luz, mais fácil voltar a adormecer.

Puxando a orelha
Quando se tem dor de cabeça, o normal é massagear a têmpora para aliviar. É um método antigo que costuma resultar. Mas há algo que você pode fazer que é muito mais eficiente. Segurando na orelha, puxe para cima e para baixo quando você sentir que a dor de cabeça vai começar. Em vez de aliviar a dor apenas na região da cabeça, você vai estar relaxando todo o seu corpo. Isso acontece porque as terminações nervosas ao redor da orelha tem um alcance que abrange o corpo inteiro.


Engolindo comprimidos
Há pessoas que tem uma dificuldade inata em engolir comprimidos. Mas também há comprimidos que simplesmente não querem descer. Para ambos os casos, recomendamos colocar o comprimido na língua e jogar a cabeça pra frente na hora de engolir. Com o movimento, o seu corpo age por reflexo e engole o comprimido sozinho. Faça o teste e verá.


Descongelando o cérebro
Esse choque térmico costuma acontecer no verão. Você morde o picolé ou toma aquela água bem gelada que acha que vai congelar o cérebro, chegando a doer o rosto. Acontece que os vasos sanguíneos do céu da boca incham na tentativa de aquecimento e parece que a cabeça foi colocada em gelo seco. Para não sentir o efeito congelante repentino, empurre a língua contra o céu da boca. Você vai ver que funciona.


Evitando o choro
Claro que é bom chorar, que o corpo relaxa e você acaba se sentindo melhor. Mas às vezes, há situações em que você não deveria chorar, não interessa o motivo. Pois tem um truque que vai enganar seu cérebro e frear a vontade de verter lágrimas. É assim> quando bater a vontade, olhe para vários objetos ao alcance da vista e repita as cores deles várias vezes mentalmente. Isso vai interromper os soluços e evitar as lágrimas.

Interrompendo o soluço
As razões de soluçar são várias: você comeu muito rápido, engoliu ar ou simplesmente se animou demais. Não importa. A verdade é que um soluço nunca vem só. Há muitos truques para parar de soluçar, que a gente escuta desde pequeno, mas tem vezes que nada funciona. Pois vamos lhe ensinar um truque bem eficiente: abra a boca e faça que vai comer, engolindo o nada várias vezes de boca aberta. Esse movimento relaxa seu diafragma e o soluço vai embora.

Rolando a cabeça
Um truque para acabar com aquele formigamento no seu corpo quando você fica numa posição por muito tempo e o corpo adormece. Há duas opções: uma, é balançar o membro dormente para ativar a circulação. A outra é rolar a cabeça de um lado para o outro para ajudar a restabelecer o fluxo sanguíneo do corpo ou liberar certos nervos que foram pressionados. Mas isso não funciona com as pernas. Se você ‘adormeceu’ uma delas, vai ter que pular numa perna só até as ‘agulhadas’ diminuírem.


Perdendo o medo de agulhas
Não são só as crianças que não gostam de injeção. Os adultos também tem medo de agulhas. Ou, pelo menos, ficam nervosos quando vêem uma seringa. O truque é expelir ar, como se estivesse tossindo, muito levemente. Isso tornará o processo indolor. Não se sabe qual o motivo, mas parece que o corpo se distrai. Porém, avise o enfermeiro que vai fazer para ele não se assustar e acabar lhe machucando.