Atirou contra o próprio peito e transmitiu ao vivo pelo Facebook.

"Ninguém acreditou quando eu disse que me mataria", falou o jovem antes de atirar contra o próprio peito. Suicídio foi transmitido ao vivo pelo Facebook. Erdogan Ceren tinha apenas 22 anos.

Após fim de namoro, jovem se mata e transmite tudo ao vivo pelo Facebook


Términos de relacionamentos geralmente não são felizes, e Erdogan Ceren, da Turquia, levou sua tristeza pós-término a um nível tão radical que decidiu se matar e transmitir seu suicídio através de uma live no Facebook. De acordo com o Mirror, a decisão drástica foi tomada depois de Ceren descobrir que sua namorada tinha sido infiel.

Aos 22 anos, o jovem explicou que iria acabar com a própria vida depois do fim de um relacionamento amoroso e, após 36 segundos de discurso, é possível ouvir o barulho do disparo. Na sequência, o jovem cai e o vídeo continua a ser gravado por mais alguns minutos.


Assista ao vídeo abaixo

Alerta: as cenas podem ser consideradas fortes demais para algumas pessoas.



Como a transmissão do suicídio foi feita ao vivo, muitos internautas pediram para que Ceren desistisse da ideia e não atirasse, mas os pedidos não foram atendidos. Apesar de alegar que a namorada havia cometido adultério, ele afirmou que não poderia continuar a viver longe dela.

“Ninguém acreditou quando eu disse que me mataria, então vejam isso”, disse o rapaz antes de atirar contra o próprio peito. Vale lembrar, sempre, que quando se tem pensamentos suicidas, é fundamental buscar ajuda psicológica e psiquiátrica. Com o apoio desses dois profissionais, é totalmente possível superar esse desejo constante de morrer.