Header Ads

07 Casos de Pessoas que Morreram fazendo aquilo

Na hora do ato sexual, ninguém pensa em perigo ou muito menos que poderá morrer. Porém, mortes acontecem nessa situação com mais frequência do que imaginamos.

Óbito durante ou após o sexo decorrente de ataque cardíaco é o mais comum. Acredita-se que até o ex-presidente americano Nelson Rockefeller foi vítima de um infarto enquanto se relacionava com a sua secretaria.

Contudo, há algumas situações bem inusitadas. Separamos os mais surpreendentes casos de pessoas que morreram durante o sexo, confira:

Asfixia Autoerótica

asfixia-autoerotica
O ator David Carradine ficou conhecido pelo seu papel no filme Kill Bill. No entanto, em 2009, foi encontrado, em um quarto de hotel na Tailândia, morto com uma corda presa ao pescoço interligada com outra presa no órgão sexual.
O acidente foi decorrente de uma prática conhecida como asfixia autoerótica, onde a fim de aumentar o prazer é restringido o envio de oxigênio para o cérebro. O ato é considerado perigoso e muitos outros já morreram da mesma forma que.
2

Choque elétrico

choque-eletrico
Em lojas de sex-shop há produtos que liberam pequenos choques, entretanto o casal Kirsten e Toby Taylor estavam procurando fontes mais intensas e usaram o fio do secador de cabelo.
A descarga elétrica foi tão grande que Kirsten não resistiu. Toby declarou que era uma prática comum do casal, ele disse que colocava ganchos no peito da esposa conectados com fios e ligava na tomada.
Entretanto, a justiça americana não acreditou muito na história e ele foi condenado por homicídio culposo, quando não há intenção de matar.
3

Overdose de Viagra

overdose-viagra
O russo Sergey Tuganov, 28 anos, foi desafiado por duas russas a participar de uma orgia sexual por meio dia. Caso ele desse conta do recado, receberia $6.000 dólares.
O jovem conseguiu realizar o serviço, entretanto minutos após o término sofreu um ataque cardíaco. Como a prova não tinha exame antidoping, Tuganov carregou as suas energias com Viagra.
4

Ataque cardíaco

ataque-cardiaco
O político Sir Billy Snedden, líder do Partido Liberal australiano, aparecia com frequência nos noticiários. Porém, no dia 28 de junho de 1987, ele foi manchete dos jornais pela última vez.
Uma das capas estampava a notícia “Snedden morreu em serviço”, já outro evidenciou que ele estava com a carga completa, devido ao fato dele ter sido encontrado apenas de camisinha.
Fato é, que o político sofreu um ataque do coração após ter realizado sexo com a ex-namorado da seu filho. Será que o filho ficou bravo com o pai?
5

Envenenamento por monóxido de carbono

envenenamento-monoxido-carbono
Se não fosse pelo detalhe de ter esquecido o motor ligado, seria apenas mais uma transa no carro.
Mario Bugeanu, jogador romeno de futebol, e sua namorada morreram em 1999 envenenados por monóxido de carbono, decorrente da fumaça do escapamento do veículo.

Caindo do prédio

caindo-predio
O texano Robert Lee Salazar, vice-presidente da companhia Hills Sheraton, e sua colega de trabalho Sandra Orellana estavam embriagados na casa dela. Eles estavam tendo uma noite romântica na varanda, quando de repente ela caiu do oitavo andar.

Esmagado por um piano

esmagado-piano
Condor Club é uma casa noturna de strip-tease em São Francisco (EUA). Em novembro de 1983, os colegas de trabalhos e namorados, o assistente administrativo  Jimmy Ferrozzo e a stripper Teresa Hill decidiram fazer sexo sobre um piano branco que havia no local.
Porém, acidentalmente um interruptor foi acionado e o instrumento, que era preso preso ao teto por cabos, subiu sem que o casal notasse e esmagou o homem até a morte. Na manhã seguinte, o zelador chegou ao local e ouviu os gritos da moça, que ainda estava sob o corpo de Ferrozzo.
8

Engasgada com um pepino

engasgada-pepino
Pensando em apimentar a relação, o alemão Oliver Dietmann e sua esposa Rica Varna, ambos de 46 anos, pensaram que seria uma boa ideia usar um pepino.
E então o homem começou a estimular a esposa, com o fruto e depois pediu que ela o colocasse na boca. Nessa hora, sentindo um cheiro de queimado, Dietmann correu para a cozinha para salvar a carne que serviria de alimento ao seu cão.
Infelizmente, quando o homem voltou encontrou a esposa já inconsciente. Ela havia sufocado com o pepino entalado na garganta, posteriormente entrando em coma e vindo a falecer.
O alemão foi acusado por negligência, sendo intimado por homicídio culposo (quando não há intenção de matar), mas não chegou a ser preso.
Tecnologia do Blogger.